sábado, 31 de maio de 2014

VIRTUDES DOS MÉRITOS



















MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
 As nossas virtudes realmente fazem parte dos nossos méritos. E, estes por sua vez, são obtidos através das nossas ações.

“- Qual a mais meritória de todas as virtudes?       Todas as virtudes tem o seu mérito, porque todas são indícios de progresso no caminho do bem.... mas a sublimidade da virtude consiste no sacrifício pessoal para o bem do próximo, sem segunda intenção. A mais meritória das virtudes é aquela que se baseia na caridade mais desinteressada. ( Questão 893, de “ O Livro dos Espíritos” – Allan Kardec).

       Jesus em sua notória e reconhecida sabedoria ensinou aos homens  que “a mão esquerda não deve saber o que faz a direita” , numa clara demonstração de que jamais podemos contar os possíveis benefícios que fazemos aos nossos irmãos do caminho.       
      O desinteresse pessoal deve nortear as nossas ações no bem, pois só assim estaremos agindo de acordo com as lições inesquecíveis do Mestre.       
      Aquele que atua na direção dos necessitados contabilizando suas atividades movimenta-se alimentado pelos sentimentos da vaidade e da presunção. A verdadeira caridade reveste-se de desprendimento e real desejo em servir, sem esperar qualquer tipo de recompensa.       
      Ao nosso lado segue um grande cortejo de criaturas que sofrem amargamente pelos escabrosos trilhos do mundo. Muitas vezes mãos silenciosas se estendem em nossa direção implorando por socorro e comiseração. Precisamos ter olhos de ver e ouvidos de ouvir o lamento surdo que se expressa no semblante abatido daqueles que agonizam no desespero.   Não fiquemos parados com os braços inertes. A dor do nosso irmão, pelo principio da fraternidade, precisa nos incomodar, de tal maneira que sintamos a premente necessidade de movimentar recursos visando minorar, pelo menos um pouco,   a penosa situação dos menos favorecidos.       
 Um pedaço de pão, um prato de sopa ou qualquer refeição além de silenciar o estomago do faminto que sofre pela estrada, serve também como mensagem de esperança para que continue acreditando em dias melhores.        
 Uma peça de roupa, um agasalho ou um pequeno cobertor resolve o problema do frio que agride o corpo, as vezes frágil de uma criança ou de idoso, além de noticiar  que a solidariedade e o altruísmo imperam no mundo, mesmo que em doses ainda pequenas.   
 Um caderno, uma revista ou um livro ofertado ao estudante sem recursos ajuda a matar sua sede de conhecimentos, enquanto transmite a informação de que ele não está isolado ou esquecido no seio da multidão.        
Um gesto de carinho, uma palavra amiga ou instantes de atenção contribuem muito para a afetividade de quem segue seus passos pelas veredas do abandono, além de carregar a mensagem de que a providência divina a ninguém desampara.       
Horas de trabalhos voluntários, desejos de edificar uma sociedade mais justa, fraterna e humana e a firme decisão de amar sem pedir nada em troca, levantam o ânimo dos abatidos e  mostram o prenuncio  de um nova época onde o bem existirá em maior quantidade que o mal.       
A criatura que faz o bem sem segundas intenções não terá dificuldade alguma em trabalhar, no limite de suas forças, de forma totalmente desinteressada. Seguidora do Cristo, certamente terá compreendido a profundidade da mensagem cristã, pois que Jesus foi o modelo maior de amor, solidariedade, dedicação e  desprendimento que a Terra já conheceu, pois foi capaz de afirmar, no momento extremo da sua vida aqui no planeta, quando recebia todo tipo de ingratidão que os homens puderam apresentar: “ Pai, perdoar-lhes eles não sabem o que fazem” .        Sejamos caridosos, fazendo o bem da forma mais desinteressada possível, essa será, sem dúvida, uma virtude de mérito. 
Fonte: Emmanuel. 

quarta-feira, 28 de maio de 2014

CRISE GERAL NO COMERCIO














MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
O desempenho ruim no comercio entre os meses de janeiro e abril, deixou um futuro negro para o país. O encalhe de produtos, principalmente os da Copa do Mundo. Estoques completamente encalhados, refletem a fraquissima venda, e,  é a resposta dada pela nação ao Governo, insatisfeita com tanta corrupção e desmando. Todas as obras relacionadas ao evento estão mais que provadas os superfaturamentos. Não é atoa que os protestos populares pedem escolas, saúde, segurança e transportes 'padrão Fifa', dentre outros. De nada adianta ao Planalto promover campanhas de incentivos aos torcedores nos meios de comunicação. A revolta é evidente e notória em todos os sentidos. A Copa das Copas, são existirá nas cabeças dos governantes. A decepção é geral. Inclusive no exterior. Ao assinar o documento de intenções para a Fifa, o ex-presidente Lula, o 'marolinha', prometeu 'mundos e fundos', já sabendo que não iria cumprir na sua totalidade. E com a cara mais deslavada do planeta, ainda vem a público dizer que metrôs e sistema de transporte decente, é luxo. Que o povo tem que ir à pé ou montado em jegues. Que o importante é torcer e ter segurança. Perguntamos: Que segurança? se os índices de violência só faz aumentar.





domingo, 25 de maio de 2014

RELAX DOMINICAL

MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Relembrando e mexendo com sensibilidades.








sábado, 24 de maio de 2014

REENCARNAÇÕES









MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Reencarnações são dádivas divinas, oferecidas a nosotros, pelo Grande ARQUITETO do Universo.







Vó Adélia calmamente, aguardava a chegada de seu netinho, no vai e vem de sua cadeira de balanço e antes que o relógio grande da sala entoasse sua canção anunciando as 5 horas da tarde, o pequeno Jonas adentrou a casa trazendo na volta da escola uma mochila repleta de intrigantes "novidades".
- Vó, hoje no recreio, eu vi um gato cair de cima do telhado, levantar e sair andando sem um arranhão; a Julinha disse que é porque os gatos tem sete vidas e eles morrem e vivem, morrem e vivem... é verdade vó? Eu também quero isso para mim; viver após a morte.
Dona Irene, meio tonta, diante de tanta energia e repetição, esclareceu:
- Filho querido nós temos essa oportunidade de após a morte permanecer vivos, afinal o Espírito é eterno, e após uma estadia no plano espiritual retornamos à vida, com a feliz possibilidade do aprendizado contínuo, e não só sete vezes e sim sete vezes setenta ou seja quantas vezes forem necessárias.
Após terminar a frase, fixou o olhar em Jonas, que permaneceu calado; dizendo com os olhos que não entendera nada.
Dona Irene, diante do fato, propôs uma de suas estórias:
"Numa aldeia simples, uma criança ao percorrer uma área próximo à mata, encontrou um lindo e desprotegido filhote de gato, e com muito amor no coração, levou a frágil criatura para dentro de sua casa e a alimentou, e a afagou dia a dia.
Com o passar dos dias; o pequeno gato crescia cada vez mais e seu pai o orientou que não se tratava de um gatinho e sim de um filhote de leão; seria portanto, perigoso manter o animal junto à família.
A criança de nome Carlos, havia se apegado demais ao pequeno leãozinho e esse parecia ser tão dócil e domesticado que acabou por convencer seu pai a mantê-lo por perto.
Os meses se passaram e o filhotinho cresceu e se tornou um leão adulto e eis que em certo dia, não contendo seus instintos; num momento de ira descontrolada, o leão veio a ferir de morte o jovem Carlos.
Momentos depois, tomou razão do que havia ocorrido e desesperado, o leão, refugiou-se na mata densa; não perdoando a si próprio, por ter atacado aquele que o criou.
E viveu triste, infeliz, até que um dia veio a desencarnar na mais absoluta solidão.
Ao acordar no mundo dos espíritos, teve a oportunidade de rever o tão querido Carlos que, como antes, o acariciou e acalentou; mesmo assim, o leão não se perdoava a si mesmo.
Tempos e tempos se passaram e focalizamos uma outra cena:
O jovem Idiamim, separou-se de seus familiares da tribo africana e se deparou de repente com um grande e faminto tigre.
Quase anestesiado, o jovem tremia, e se sentia incapaz de qualquer reação; quando surgiu a sua frente outro grande leão que enfrentou o tigre, afugentando-o.
Idiamim pensava, hoje não é meu dia, me livro de um tigre, mas me encontro com um leão, hoje é a minha perdição e então fechou os olhos em prece, aguardando o esperado, e para sua própria surpresa, alguns minutos depois, abriu os olhos e o leão estava deitado ao seu lado, como que o protegendo.
Nesse mesmo instante, chegam seu pai e vários caçadores da tribo que ao verem a cena do leão junto ao menino, não tiveram qualquer dúvida e atiraram no leão que veio a desencarnar.
Idiamim nem teve tempo de explicar o que realmente tinha acontecido.
O leão, então retorna novamente ao plano dos espíritos, com a consciência em paz, na certeza de ter feito o melhor e perdoou a si próprio.
E pode-se ainda ver, correndo pelos lindos campos espirituais, Carlos e seu amigo leão, que vivem em plena comunhão.
Dona Adélia olha novamente os olhos de Jonas que agora revelam ter entendido a lição e ainda completa:
- O gato que você viu hoje, pulou do telhado, ele é um bicho esperto e elástico, por isso as vezes se tem a impressão que ele morre, o que não é verdade. Nenhum ser tem privilégios na criação.
- Vó, agora me explica outras coisinhas: Porque o gato e o cão vivem feito cão e gato?
Rindo, vó Adélia complementa:
- Essa Jonas, é uma outra estória que fica para depois do jantar.
(Fonte: Revista Cristã do Espiritismo)

quinta-feira, 22 de maio de 2014

MOMENTOBRASIL.COM(EDITORIAL):









De todas as instituições que seriam confiáveis pelos brasileiros, somente uma enquadra-se nesse item: O Exército Brasileiro. A penultima, o STF, apesar de todo o esforço do seu presidente, o magistrado Joaquim Barbosa, deixou de sê-lo. A desastrosa decisão do seu colega Teori Zavascki de libertar todos os envolvidos na quadrilha que atua na corrupção da Petrobras em agradecimento à Presidanta pela indicação à suprema côrte, revoltou a nação. A ação do magistrado foi tão danosa, que voltou atrás e reconduziu os libertados à cadeia. Ocorre que, a 'emenda foi pior que o soneto'. Manteve em liberdade o 'cabeça da quadrilha: o ex-diretor Paulo Roberto Costa. Por que esta exceção? A nação quer saber. È chegada a hora do Conselho Nacional de Justiça apurar com grande profundidade a situação. Afinal de contas, trata-se de roubo dentro da maior empresa brasileira.







quarta-feira, 21 de maio de 2014

MEIA, MEIA ou MEIA?




MOMENTOBRASIL.COM:










O português praticado no Brasil ...
 
*Na recepção dum salão de convenções, em Fortaleza*
 
- Por favor, gostaria de fazer minha inscrição para o Congresso.
- Pelo seu sotaque vejo que o senhor não é brasileiro. O senhor é de onde?
- Sou de Maputo, Moçambique.
- Da África, né?
- Sim, sim, da África.
- Aqui está cheio de africanos, vindos de toda parte do mundo. O mundo está cheio de africanos.
- É verdade. Mas se pensar bem, veremos que todos somos africanos, pois a África é o berço antropológico da humanidade...
- Pronto, tem uma palestra agora na sala meia oito.
- Desculpe, qual sala?
- Meia oito.
- Podes escrever?
- Não sabe o que é meia oito? Sessenta e oito, assim, veja: 68.
- Ah, entendi, *meia* é *seis*.
- Isso mesmo, meia é seis. Mas não vá embora, só mais uma informação: A organização   do Congresso está cobrando uma pequena taxa para quem quiser ficar com o material: DVD, apostilas, etc., gostaria de encomendar?
- Quanto tenho que pagar?
- Dez reais. Mas estrangeiros e estudantes pagam *meia*.
- Hmmm! que bom. Ai está: *seis* reais.
- Não, o senhor paga meia. Só cinco, entende?
- Pago meia? Só cinco? *Meia* é *cinco*?
- Isso, meia é cinco.
- Tá bom, *meia* é *cinco*.
- Cuidado para não se atrasar, a palestra começa às nove e meia.
- Então já começou há quinze minutos, são nove e vinte.
- Não, ainda faltam dez minutos. Como falei, só começa às nove e meia.
- Pensei que fosse as 9:05, pois *meia* não é *cinco*? Você pode escrever aqui a hora que  começa?
- Nove e meia, assim, veja: 9:30
- Ah, entendi, *meia* é *trinta*.
- Isso, mesmo, nove e trinta. Mais uma coisa senhor, tenho aqui um folder de um hotel que está fazendo um preço especial para os congressistas, o senhor já está  hospedado?
- Sim, já estou na casa de um amigo.
- Em que bairro?
- No Trinta Bocas.
- Trinta bocas? Não existe esse bairro em Fortaleza, não seria no Seis Bocas?
- Isso mesmo, no bairro *Meia* Boca.
- Não é meia boca, é um bairro nobre.
- Então deve ser *cinco* bocas.
- Não, Seis Bocas, entende, Seis Bocas. Chamam assim porque há um encontro de seis ruas, por isso seis bocas. Entendeu?
- Acabou?
- Não. Senhor, é proibido entrar no evento de sandálias. Coloque uma meia e um sapato...

Então, o africano pirou! ...
 







domingo, 18 de maio de 2014

A PSICOGRAFIA



MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

A psicografia é uma dos diversos tipos de mediunidade existentes. È considerada a segunda mais usada na Doutrina Espírita.







Psicografia é a faculdade de os médiuns, sob a atuação de espíritos comunicantes, escreverem com a própria mão ou, conforme o desenvolvimento mediúnico, com ambas as mãos ao mesmo tempo. Segundo Kardec, a psicografia pode ser mecânica, intuitiva, semi-mecânica ou inspirada.
Qualquer espírito pode se comunicar por meio da Psicografia. Entretanto, para que ocorra uma comunicação mediúnica, seja do tipo que for; será sempre necessário que o espírito que se comunica seja merecedor; assim como deve ser merecedor o médium. Outro fator importante para que ocorra a comunicação mediúnica é a afinidade entre o espírito comunicante e o aparelho mediúnico.
Um espírito pode sim comunicar-se por meio da psicografia, há casos de espíritos que comunicam-se após curtíssimo espaço de tempo, enquanto outros passam muitos anos, décadas, sem condições de se comunicarem. Lembramos que sempre o que vale mais é o merecimento, que é fruto das virtudes que se tenha conseguido conquistar durante nossa existência.
Entretanto, devemos destacar que, no caso do parente ou ente querido ainda não estar pronto, merecedor, assim como nós também devemos merecer, é claro; as notícias poderão não cegarem. Então, apesar das possibilidades de comunicação com nossos queridos, devemos guardar serenidade em nossas lembranças e votos e vibrações de paz e harmonia para com eles, de forma que, em caso de ausência das notícias; não passemos a perturbá-los com nossas angústias e com nossas saudades desequilibradas.
Classificação da psicografia
Conforme a mecânica do processo mediúnico, os médiuns psicógrafos podem ser classificados em três tipos: intuitivo, semi-mecânico e mecânico.
Intuitivo
Representando 70% dos médiuns psicógrafos, o médium intuitivo não abandona o corpo físico no momento em que escreve as mensagens dos espíritos. Neste caso, o espírito não atua sobre a mão para movê-la, atua sobre a alma do médium, identificando-se com ela e lhe transmitindo suas idéias e vontades. O médium as capta e, voluntariamente, escreve.
Portanto, tem conhecimento antecipado, mas o que escreve não é seu. Age como um intérprete que, para transmitir o pensamento, precisa compreendê-lo, apropriar-se dele e traduzi-lo. O pensamento não é seu, apenas lhe atravessa o cérebro. No início, o médium confunde com seu próprio pensamento e as mensagens, às vezes, extrapolam o conhecimento do médium.
Semi-mecânico
Os médiuns semi-mecânicos, que representam 28% dos médiuns psicógrafos, também não abandonam o corpo físico ao escreverem as mensagens. O espírito atua sobre a mão do médium, que não perde o controle desta, mas recebe uma espécie de impulsão.
O médium participa tanto da mediunidade mecânica como da intuitiva, pois escreve recebendo parte do pensamento dos espíritos pela comunicação e contato perispiritual, ao mesmo tempo em que outra parte é articulada pelos comunicantes, independentemente de sua vontade.
Os semi-mecânicos têm consciência do que escrevem à medida que as palavras vão sendo escritas. O médium tem um conhecimento parcial daquilo que lhe atravessa o cérebro perispiritual, mas passa a ignorar os trechos que lhe são escritos mecanicamente, sem fluir pelo cérebro físico.
Mecânico
Caso raro entre os médiuns psicógrafos (2%), os médiuns mecânicos, a exemplo dos outros dois tipos, não abandonam o corpo físico no momento de escrever as mensagens. O espírito desencarnado atua sobre gânglios nervosos à altura do omoplata e, dessa forma, age diretamente sobre a mão do médium, impulsionando-a. Esse impulso independe da vontade do médium, ou seja, enquanto o espírito tem alguma coisa a escrever, movimenta a mão do médium sem interrupção.
Certos médiuns mecânicos chegam a trabalhar com ambas as mãos ao mesmo tempo e sob a ação simultânea de duas entidades. E em condições excepcionais, o médium ainda pode palestrar com os presentes sobre assunto completamente diferente do que psicografa. Nesse caso, o espírito comunicante consegue escrever na forma que era peculiar na vida física.
O médium mecânico não sabe o que sua mão escreve. Somente depois, ao ler, é que ele vai tomar conhecimento da mensagem. A escrita mecânica costuma ser célere, muito rápida.
O que é psicografia espontânea?
É quando não citamos um determinado nome, mas quando pedimos a presença e a assistência de nossos mentores e guias espirituais. A Codificação nos ensina que toda a prece é uma invocação, e invocar é chamar através da oração, pedir um socorro, um auxílio ou uma proteção; ou seja, é evocar através do pensamento, e o médium escreve a mensagem dita pelo espírito comunicante.
Nos casos da espontaneidade é essencial para a credibilidade das mensagens recebidas, onde as informações podem ser checadas de uma forma mais isenta.
Qualquer comunicado com o invisível deve ser espontâneo.
Algumas pessoas acham que não devemos evocar nenhum espírito, sendo preferível esperar o que quiser comunicar-se, pois que vem espontaneamente, por sua própria iniciativa, prova melhor a sua identidade, pois revela assim o desejo de conversar conosco.
O que é psicografia por evocação?

É aquela em que citamos o nome de determinado espírito, evocando-o de uma forma pessoal. Temos que tomar muito cuidado com este tipo, pois se mal usado ou orientado pode transformar a nossa reunião mediúnica em sala de consultas, objetivando mais o interesse pessoal do que a caridade evangélica. E que em seguida o médium escreve a mensagem dita pelo espírito.
Podemos evocar todos os espíritos, seja qual for o grau da escala a que pertençam: os bons e os maus, os que deixaram recentemente a vida e os que viveram nas épocas mais distantes, os homens ilustres e os mais obscuros, os nossos parentes, os nossos amigos e os que foram indiferentes. Mas isto não quer dizer que eles sempre queiram ou possam atender ao nosso apelo. Independente da sua própria vontade ou de não terem a permissão de um poder superior, eles podem estar impedidos por motivos que nem sempre podemos conhecer.
"Podemos evocar todos os Espíritos, seja qual for o grau da escala a que pertençam: os bons e os maus...". Podemos evocar todos os espíritos, mas isto não quer dizer que todos vão atender os nossos chamados. Eles virão conforme a nossa evolução, a necessidade e a seriedade do trabalho proposto.
Podemos classificar e evocação dos espíritos de duas maneiras, levando em consideração a forma de como é feita:
Em resumo o que acabamos de expor resulta: que a faculdade de evocar todo e qualquer espírito não implica para o espírito a obrigação de estar às nossas ordens; que ele pode atender-nos numa ocasião e noutra não, com um médium ou um outro evocador que o agrade e não com outro; quer dizer o que quiser, sem poder ser constrangido a dizer o que não quer; retirar-se quando lhe convém; enfim, que em virtude de sua própria vontade ou não, após haver sido assíduo durante algum tempo, pode subitamente deixar de manifestar-se.
(Fonte: Espirit book.)

sexta-feira, 16 de maio de 2014

IMAGEM BRASILEIRA É DE AVACALHAÇÃO GERAL




MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Faz tempo que a nossa imagem lá fora é a pior possível. Lamentável.








Portugal, Cascais – Que o Brasil não anda bem das pernas todo mundo

sabe, que os petistas não representam mais o povo também é fato. O que

muitos brasileiros não sabem de verdade é a imagem deteriorada que se
tem do seu país aqui no exterior.  Os jornais na Europa avacalham toda
notícia que chega do Brasil. Guido Mantega, o ministro da Fazenda, o
homem que teoricamente teria que cuidar das finanças, perdeu a
credibilidade dos órgãos financeiros internacionais; a presidente
Dilma é apontada como despreparada para o cargo e, agora, responsável
pela péssima imagem da Petrobrás, depois das denúncias de corrupção; a
entrevista do Lula à RTP em Lisboa foi um desastre; e o ultimo
pronunciamento demagógico da Dilma feriu frontalmente a legislação
eleitoral desmoralizando o Brasil de tal forma que ninguém aposta mais
nem um tostão furado no êxito do PT nessas eleições.
Quando se abre os sites brasileiros por aqui o que se vê é assustador.
É o deputado federal, Paulinho, da Força Sindical, pedindo a prisão da
Dilma, responsabilizando-a pelos desmandos na Petrobrás quando esteve
à frente do Conselho de Administração; a volta de José Genoíno, o
mensaleiro, para a Papuda; e o Aécio, candidato a presidente,
esculachando a Dilma antes do início da campanha eleitoral. Ninguém
aposta mais nada nesse governo, que derrete como gelo. Pelo menos este
é o sentimento de boa parte dos brasileiros que vivem na Europa.
Sentimento de frustração e indignação. A estrela do Lula, “O Cara”,
segundo o Obama, antes de quinta grandeza, é cadente. De tanto falar
bobagem perdeu a imagem que se formava de estadista para a de
tagarela, ignorante em assuntos econômicos e política internacional.
Não seria exagero dizer que se vive no Brasil de hoje uma crise
institucional semelhante a que levou Getúlio ao suicídio, quando o
jornalista Carlos Lacerda não economizava palavras para denunciar os
escândalos do governo. O ex-presidente Lula volta ao discurso
sindicalista de trinta anos atrás para apontar a elite pelo
desgoverno, como se ele não fizesse parte hoje dessa camada social,
que estimulou o sistema financeiro brasileiro a ser um dos mais
lucrativos do mundo. Nega peremptoriamente que seria candidato
novamente a presidente, quando se sabe que incentiva petistas a fazer
o coro do “Volta, Lula” para intimidar Dilma a renunciar a candidatura
à reeleição e evitar a acusação de golpista.
Na Europa pouco se fala do Brasil como uma das maiores potências
econômicas. Fala-se muito por aqui de samba, mulheres com bunda de
fora, de futebol, de  corrupção e de mensalão. A um mês dos jogos da
Copa do Mundo reservas de hotéis e passagens de avião estão sendo
canceladas por pessoas que temem pela violência de ruas durante os
jogos. Repercutiu, inclusive, a informação de que o Chico Buarque de
Holanda preferiu assistir os jogos em Paris, onde tem apartamento, a
se arriscar indo aos estádios.
É assim que muitos europeus veem o Brasil de hoje, um país à deriva,

administrado por sindicalistas irresponsáveis, desqualificados e
corruptos. Tanto na Alemanha como em Portugal, ouve-se falar pouco da
Copa do Mundo, campeonato organizado pela FIFA , órgão com fama de
corrupto, recheado de escândalos. Os brasileiros que circulam pela
Europa evitam falar sobre política. Não querem responder a perguntas
incômodas como a prisão dos ideólogos petistas e a corrupção
generalizada nos órgãos do governo.
Quando um sindicalista como Paulinho, da Força, sobe em um palanque no
Dia do Trabalhador para pedir a prisão da presidente Dilma é porque o
país perdeu o rumo e as autoridades viraram estercos, já que nesse
mesmo palanque estavam o Gilberto  Carvalho, secretário-geral da
presidência, e o Ministro do Trabalho, Manoel Dias, que ainda ouviram
do líder sindical: “Quem tem coragem mostra a cara e quem não tem
manda representantes”.
É o fim. Faça suas apostas.


quinta-feira, 15 de maio de 2014

VERMELHO DE VERGONHA!!!!!








MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Parabéns!!!! Zagallo. Eles têm de te engolir, mesmo.




Em entrevista  um jornal carioca, Zagalo disse:
"As bandeiras não tremulam, apitos, camisetas... estão encalhados nas lojas...
O Brasil às vésperas da Copa, não está vibrante em verde e amarelo.
O Brasil está vermelho. Vermelho de vergonha.
Vermelho de ver tanta corrupção. Vermelho de ver tanta 'maracutaia', tanta 'cara de pau' dos nossos governantes.
Estamos vermelhos vendo grande parte de nossos políticos e poderes sendo calados e comprados pela corrupção
O PT conseguiu tirar o brilho até do que o brasileiro mais gosta...
È o vermelho tingindo de corrupção nosso verde e amarelo...!







quarta-feira, 14 de maio de 2014

GOVERNO BRASILEIRO NÃO CUMPRE COM A FIFA.










MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

A 30 dias do Copa, a matriz de responsabilidades que integram o documento onde estão listados o que o Brasil faria em matéria de segurança, mobilidade, telecomunicação e estádios em documento assinado e entregue a FIFA em 2010, SOMENTE 41% estão concluídos. A mobilidade urbana é o setor que causa protestos, só 10 % estão prontos.  Três estádios ainda precisam de ajustes. Os Governos das sedes da Copa, dizem que mudanças nos projetos, demora em repasse dos recursos federais e até as chuvas são desculpas esfarrapadas. O Ministérios dos Esportes afirma que, os projetos que não forem concluídos a tempo, serão entregues depois à sociedade. Grande piada!!!
Compromisso é compromisso!!!! E olhem que foi assumido há 4 anos. 
E o 'marolinha' e a Presidanta disseram que  o país faria a melhor Copa de todos os tempos.
Que vergonha para o Brasil.





terça-feira, 6 de maio de 2014

ROMBO NA ELETROBRAS: R$ 13 BI.






MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):
 Maior empresa do setor elétrico, a estatal foi forçada a vender energia 92% mais barata que a média cobrada pelo mercado. Analistas atribuem resultado a ingerência do Governo e preveem socorro.
A edição da MP 579(2012) reduziu a tarifa de energia e obrigou a Eletrobras a vender o megawatt/hora por R$9,00, enquanto o preço médio no mercado é de R$120,00, é considerada um dos motivos para os 2 anos seguidos de prejuízo da estatal, totalizando assim, R$13,2 bi. È apontado pelos analistas o uso da empresa em projetos de interesse do Governo, como as usinas de Jirau e St. Antonio, em que foi obrigada a participar dos consórcios com mais de 40%, alem de, ter assumido distribuidoras estaduais com prejuízos. Outro fato complicador é a perda de mais de 4 mil funcionários com o plano de demissão voluntária (PIDV), desfalcando desta forma o corpo técnico. Tudo isto, caracterizou um verdadeiro tiro no pé da Presidanta. A Eletronorte, uma das componentes da Holding, vem há anos e anos vendendo cabos de fibra ótica para a telefonica OI a preços muito mais barato que os de custos. Some-se tambem o fato de há mais de quatro anos não se ter nenhum projeto e programa de construção de novas linhas de transmissões, compra de equipamentos modernos e, principalmente  programas de manutenção.  Já fala-se em novos concursos para admissões de funcionários em todo o sistema. Só rindo para não chorar! Com tantas 'asneiras' praticadas pelo Planalto, a Justiça Divina foi feita, ao não permitir chuvas nas cabeceiras dos rios, tornando-se assim, o maior castigo dado ao atual governo petista.
QUEM ÃO TEM COMPETÊNCIA, NÃO SE ESTABELECE.!!!!!
CHEGA DE P.T.!!!!! O BRASIL CANSOU DE TANTA INCOMPETÊNCIA!!!!!







segunda-feira, 5 de maio de 2014

FATO GRAVÍSSIMO.






MOMENTOBRASILCOM(Comentário):
 Esse fatalmente em breve amanhecerá com o boca cheia de formiga.













domingo, 4 de maio de 2014

RELAXDOMINICAL

MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Num mundo atual tão conturbado, precisamos "saber viver"








sábado, 3 de maio de 2014

TOLERÂNCIA MÚTUA




MOMENTORASIL.COM(Comentário):
O Irmão  EMMANUEL sempre nos brindando com orientações necessárias e precisas.









Referimo-nos, frequentemente, à necessidade de perdoar aos outros, acomodando-nos à situação de vítimas. Entretanto, é raro nos coloquemos na posição das criaturas que precisam da tolerância alheia.
E semelhantes situações nos aparecem vezes e vezes, quase sempre sem que nos apercebamos disso, conscientemente.
Isso acontece:
Quando nos distraímos, a ponto de esquecer as próprias obrigações;
quando largamos os encargos que assumimos, sem pensar que sobrecarregamos os ombros alheios;
quando estamos apreensivos ou tensos e arremetemo-nos sobre os que nos cercam quais se fossem culpados de nossas tribulações;
quando aderimos ao boato, prejudicando pessoas ou envenenando acontecimentos;
quando arremessamos as farpas vibratórias da crítica negativa sobre os nossos irmãos, às vezes, até mesmo sem lhes conhecer a intimidade;
quando nos rendemos às tentações do ciúme e do egoísmo;
ou quando estendemos queixas e lamentações, complicando os problemas do próximo.

Observando o assunto em sã consciência, conquanto nos reconheçamos no domínio do óbvio, convém registrar que não somente necessitamos de desculpar os outros, mas também precisamos ser perdoados, porquanto se hoje nos cabe doar o apoio da tolerância, a benefício daqueles que nos compartilham a vida, é possível que amanhã surja para nós a necessidade de receber.
Em toda e qualquer circunstância, conserva a consciência tranquila, porquanto, desse modo, a paz expressando alicerce, é uma luz que estará sempre dentro de ti.
Fonte:Francisco Cândido Xavier
Pelo Espírito EMMANUEL