sábado, 25 de julho de 2015

OBSESSOR: Como saber se está com um

ESPÍRITO_OBSESSOR_como_saber_se_você_está_com_um




MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Precisamos estar sempre atento e alerta. Razão pela qual a Espiritualidade Maior nos diz; "Orai e vigiai.






Antes de desenvolver melhor o tema vamos definir alguns conceitos que serão utilizados para explicação do conteúdo:
OBSESSOR:
Algo ou alguém que exerce influência sobre outra parte, alterando, diminuindo, drenando ou desorganizando a sua vibração.

OBSESSOR ESPIRITUAL:

É uma entidade desencarnada, portanto extrafísica, a qual aos olhos destreinados torna-se invisível. Trata-se de um espírito em estágio menos avançado de aprimoramento moral, e por sua condição, permanece em sintonia com seres de mesma frequência vibratória, em condição de simbiose.

Existem muitas evidencias que podem indicar que você está sofrendo uma obsessão espiritual, as quais vou procurar apresentar nas próximas linhas, contudo, é importante que você entenda que a causa principal da obsessão é o seu próprio conjunto de comportamentos, pensamentos e sentimentos. Mesmo porque, a sintonia só acontece se você estabelece a mesma frequência na qual vibra o obsessor.
"A culpa nunca é do obsessor!
Não estou louco não. Eu escrevi três vezes propositalmente para que você possa refletir sobre a importância dessa afirmação. 
Todo processo de obsessão acontece por compatibilidade, portanto o que determina a simbiose entre uma pessoa e seu obsessor é uma ligação por ressonância que respeita essas leis naturais.
Se você chegar a conclusão de que está com um obsessor espiritual, não saia correndo gritando de medo, com desespero e pânico, simplesmente pelo fato de que o obsessor que uma pessoa atrai, é a consequência de suas falhas no equilíbrio emocional, mental e na capacidade de sentir amor.
Uma vez que você perceber alguma intromissão na sua energia pessoal, a melhor forma de reverter o quadro é mudando o seu conjunto de pensamentos, sentimentos e emoções, que em outras palavras quer dizer, aumentando a sua elevação moral e o seu estado de amor.
ALGUNS SINAIS QUE PODEM INDICAR A PRESENÇA DE OBSESSÃO ESPIRITUAL
Falta de paciência: sentimento repentino e intenso de irritação e intolerância. Você explode fácil e não consegue se controlar;
Irritação: você sente irritação com mais frequência, aparentemente tudo começa lhe aborrecer;
Fragilidade emocional: qualquer coisa é motivo para que emoções fortes surjam, como choro, angustia e tristeza, mesmo com motivos sem importância;
Dores: surgem dores nas costas e na região do estômago sem associação a nenhum problema físico ou acontecimento relacionado. Também existe a sensação de pressão na cabeça e peso nos ombros. Muitas pessoas podem sentir essas sensações por motivos diversos os quais não tem qualquer relação com a obsessão espiritual, portanto tenha cuidado ao fazer a análise. Mas em caso de haver uma associação desses sintomas com os sintomas acima citados, então as chances são muito mais reais de haver a obsessão espiritual;
Pensamentos impróprios: sem que você queira, surgem pensamento impróprios sobre as coisas ou situações. São pensamentos que brotam no seu interior os quais não são positivos e de alguma maneira causam medo, desconforto, agressividade, paranoia ou sentimentos parecidos;
Bocejo em excesso e cansaço físico contínuo: o bocejo é um indicador de ajuste do seu campo energético ou aura. Para que ele se organize e se harmonize em diversas situações da vida, o bocejo aparece como forma de contração e descontração da aura, promovendo assim um efeito descarga. Mas se o bocejo é muito presente e constante, pode indicar que a pessoa está precisando se limpar e não está conseguindo. O bocejo é normal, mas o excesso deve ser observado.  Já o cansaço físico permanente pode apontar problemas de ordem física e também deficiências na alimentação. Contudo, se surgirem os estados de cansaço além do que consideramos normal na vida diária, além disso, se estiverem associados aos estados citados anteriormente, pode ser um forte sinal de obsessão espiritual.
O QUE FAZER?
Se você achar que se enquadra dentro de uma ou mais características apontadas como de alguém que está sob obsessão espiritual, recomendo que você dê atenção aos seguintes itens:

Expresse gratidão por tudo e por todos

Pela sua vida, pela sua moradia, por seus amigos, por seu alimento, pela vida que pulsa em suas veias. Abandone a reclamação e a crítica pelas pequenas coisas. Saiba que a insatisfação é a porta aberta para a cólera da alma;

Honre seu pai e sua mãe

Não importa quem eles são, onde ele estejam e se eles de alguma maneira lhe fizeram algum mal, você precisa honrar a existência deles, entendendo que você estará em sintonia com as suas energias por toda uma existência. Se você não souber simplesmente honrar a energia dos seres que lhe trouxeram a esta experiência física, jamais você terá harmonia e sua vida presente.  Lembre-se de honrar todas as pessoas que estão ante dês de você nos lugares que você ocupa ou frequenta. Honre o colega de trabalho mais velho, a irmão mais velha, o vizinho mais antigo. Saber honrar o que vem antes é essencial para a sua alegria e plenitude;

Não julgue

Este é um hábito comum, julgar e rotular as pessoas. Entenda que os erros que as pessoas cometem ao nosso redor hoje foram os mesmos que comentemos ontem ou que cometeremos no futuro. Procure superar-se sempre, mas aceite que ainda temos muito que aprender, e que todos nós estamos em níveis parecidos, portanto erramos em aspectos parecidos. Desta forma, apontar o erro alheio é o mesmo que apontar o seu erro;

Perdão e tolerância

Você pode até ficar zangado, pois esse é um sentimento humano, mas deve aprender a superar essas crises com máximo de agilidade possível;

Oração

Aprenda a rezar com entrega e devoção. Quando você reza de coração aberto e humilde, você se sintoniza com as forças mais elevadas do universo;

Cumpra com a sua palavra e perdoe as falhas alheias

Sempre que você combinar algo com alguém, honre o compromisso, honre a palavra falada! Além disso, sempre que alguém errar com você, então você terá o direito de nunca mais querer fazer nada com esta pessoa, contudo você precisa perdoá-la por suas falhas.

Sabemos que temos muito para aprender quando o assunto é obsessão espiritual. Estudamos muito este tema para abordá-lo na escrita do Livro Evolução Espiritual na Prática (Este é o livro mais vendido da Luz da Serra Editora).
ESPÍRITO_OBSESSOR_como_saber_se_você_está_com_um_1
Neste trabalho aprofundamos os aspectos envolvidos em uma obsessão, bem como a nossa responsabilidade e necessidade de reforma íntima. A conclusão é simples, existem muitos aspectos que ainda precisamos conhecer.
Ao mergulhar profundamente na escrita do Livro Ativações Espirituais – Evolução e Obsessão pelos Implantes Extrafísicos criei um curso sobre o tema e o livro que explica profundamente o t..., por meio da mediunidade, mais especificamente pela projeção astral, pude ver por mim mesmo o trabalho dos especialistas das sombras nos processos de obsessão espiritual, e cheguei a conclusão que viver a vida com sintonia no propósito espiritual e na realização da missão da alma é o melhor caminho para a conquista da tão sonhada proteção energética. Este livro aborda de forma inédita o trabalho dos seres de luz e das sombras no palco da vida espiritual. Além disso,  desmistifica e esclarece o que realmente são os implantes extrafísicos e como eles agem.
Escrevi o ano passado um artigo que foi muito divulgado na internet, sobre o tema Proteção Espiritual e os aspectos envolvidos. Eu acredito que vai lhe ajudar muito no esclarecimento de detalhes importantes
Definitivamente, o que mais quero com este artigo é que você olhe para dentro e veja se está realmente vivendo uma vida com propósito espiritual ou se está apenas deixando a correnteza lhe levar para onde ela quiser.
Fonte: Spirit book.

sexta-feira, 24 de julho de 2015

APERTANDO O NÓ


Com o passar dos dias, as investigações da Lava-Jato, aperta o 'gargalho' dos envolvimentos  de políticos e seus comparsas. Por sua vez, o governo da presidanta e o PT, ficam mais enrascados. O chamado 'inferno zodiacal' da turma petista incluindo o ex-'marolinha e ex-presidente Lula, só aumenta. O 'braço' da Lava-jato continua aumentando 'seus tentáculos'  e a cada dia envolve mais gente. Agora, as investigações se voltam para o setor elétrico, ou seja: Eletrobras e suas subsidiárias, no que tange aos desvios e 'rios' de dinheiro nas construções de grandes hidroelétricas notadamente, a Eletronorte (responsável pela obra de Belo Monte (a maior das tres em construção) e consequentemente a NESA (Norte energia s/a). O ex-presidente 'colorido' já afirmou publicamente; "Se for novamente condenado, faltarão celas para prender demais envolvidos.
Em suma: A cada dia, a nação brasileira vive a sua 'agonia', pois, sabe que como sempre acabará 'pagando o 'pato'.
TRISTE BRASIL!!!










N.E. Matéria publicada em parceria com o CPIBRASIL.COM







sábado, 18 de julho de 2015

A PESSOA- PERSONALIDADE, IDENTIFICAÇÃO e INDIVIDUALIDADE












MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Cada reencarnação tem suas características próprias, a exemplo das digitais; cada um tem as suas. Não há semelhanças.








A personalidade
         Em permanente representação dos conteúdos mentais, e dominada pela imposição das leis e costu­mes de cada época e cultura, a personalidade repre­senta a aparência para ser conhecida, não raro, em distonia com o eu profundo e real, gerador de conflitos.
A personalidade é transitória e assinala etapas reencarnacionistas, definidoras de experiências nos sexos, na cultura, na inteligência, na arte e no relacio­namento interpessoal.
Cada pessoa reencarna com as características herdadas das experiências anteriores e submete-se aos condicionamentos de cada fase, por ela transitan­do com os seus sinais tipificadores.
Assimilar todos os condicionamentos e exteriori­zar uma personalidade consentânea com o ser real, eis o desafio da terapia transpessoal, trabalhando a pessoa para que assuma a sua realidade positiva e superior, crescendo em conteúdos mentais e desen­carcerando-se, até permitir-se a perfeita harmonia entre ser e parecer.
                  
A identificação
        De duas formas a pessoa se identifica com os va­lores do progresso: externa e internamente.
A identificação externa impõe as lutas e os confli­tos da assimilação dos comportamentos sociais, nos quais o apego assume a condição mais importante, a primeira e última da existência.
O apego externo, no entanto, é menos danoso do que o interior, responsável pelos vícios e paixões de­generativos, que conduzem a patologias dolorosas, crueis.
A identificação assinala o estágio de evolução de cada pessoa, fadada à elevação, que, para conseguir, deve liberar-se daqueles valores, desidentificando-se de hábitos milenários, fixados, alguns, atavicamente, aos painéis do ser, gerando falsas necessidades, que se tornam fundamentais, portanto responsáveis pelo sofrimento nas suas várias facetas.
A psicologia oriental estabelece na ilusão, na impermanência da vida física, com as quais a pessoa se identifica, algumas preponderantes razões para o so­frimento.
A desidentificação induz à conquista de patama­res elevados, metafísicos, nos quais o ser se auto-en­contra e se realiza.
A individualidade
        Somatório de todas as experiências, a individua­lidade é o ser pleno e potente, que alcançou a auto-realização.
Imperecível, a individualidade é o Espírito em si mesmo, que reúne as demais dimensões e sabe cons­cientemente o que fazer, quando fazê-lo e como reali­zá-lo, para ser a pessoa integral, ideal.
Enquanto a filosofia informava que a pessoa não é o indivíduo, na visão da psicologia profunda, este, que superou os condicionamentos e comportamentos pessoais de consciência livre, é o ser total, pessoa tran­sitória, individualidade eterna.
O SER CONSCIENTE - Divaldo Pereira Franco/Joanna de Ângelis

sábado, 11 de julho de 2015

COINCIDÊNCIAS EXISTEM?















MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

Segundo nos informa em diversas oportunidades, acasos e coincidências não existem.







Muitas vezes nos surpreendemos com algum fato, situação, ventura, descoberta, presente, encontro, reencontro ou oportunidade, de um modo tão perfeito e conectado, que logo dizemos: "Mas que coincidência!”

Mas o acaso não existe e as coincidências nada mais são do que "desculpas" das quais os céticos fazem uso para justificar o que não conseguem explicar pelos limitados recursos de uma razão irracional.
Todas as situações pelas quais passamos, desde as mais simples às mais complexas, são cuidadosamente planejadas no mundo invisível, muitas vezes por uma necessidade nossa que talvez ainda nem saibamos conscientemente que exista - apesar de nosso subconsciente já saber. E assim é, ainda que insistamos crer que não seja.
A cada escolha que fazemos, ou a cada explosão atômica de pensamento que enviamos ao cosmos, vibra em nós uma força inacreditavelmente gigantesca, sendo enviada para o Universo, que responde, atendendo aos desejos subconscientes que nosso ser manifesta, muitas vezes sem que nós nem saibamos.
E se pensamento é força, nossas ações também o são!
Eis que então o Universo conspira para que recebamos exatamente aquilo que mais necessitamos, seja uma mudança, um emprego novo, novos vizinhos, aquele leve acidente de trânsito, uma decepção amorosa, a partida de alguém que amamos ou a sutil chegada de alguém que nos inspira. Nossas necessidades então são amoravelmente atendidas, e muitas vezes nem percebemos que o invisível nos abraça.
E uma das mais evidentes "respostas" do Universo às nossas necessidades ou carências, desejos ou vontades (inconscientes ou não), é a chegada de pessoas em nossas vidas, cada qual com um papel diferente.
Alguns vêm para servir de exemplo. Outros, para nos inspirar. Há os que se achegam para nos ensinar lições. Outros, para compartilhar conosco o peso de um fardo. Há os amigos, os amores e também aqueles que representam dores. Seja pelo motivo que for, nunca entrarão ou sairão de nossas vidas por mero acaso.
E quão grandioso se faz o momento quando conseguimos perceber que até nas pequeninas coisas a Inteligência Maior está agindo em nossas vidas, sempre nos convidando a fazer mais e melhor, a seguir em frente, a buscar a luz para clarear nossos passos e nos conduzir ao encontro de nós mesmos.
Perceba a vida! Perceba que tudo e todos estão meticulosamente ligados à Inteligência Maior, que nunca deixa de responder ao nosso chamado.
Somos espíritos eternos! Já vivemos muitas vidas e diante de nós, existem estradas milenares a serem percorridas. Em cada uma delas, somos carinhosamente conduzidos por essa Força Maior que cria adiante um sem número de possibilidades, de modo que qualquer que seja nossa escolha, lá haverá um caminho específico que se ligará a outros, formando milhares de "futuros" cuidadosamente projetados em seus meandros, para que exerçamos com perfeição nosso arbítrio, que é livre.
O acaso?
Ele nunca existiu!
Pense nisso!

Fonte: Spirit book.

sábado, 4 de julho de 2015

A DOR EM NOSSAS VIDAS















MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

O 'sofrimento' faz parte de muitos pedidos nossos ao entrarmos no processo de reencarnação, quando, aceitamos e ou/ pedidos a quitação de débitos.








 Você já parou para pensar na razão da existência da dor, do sofrimento, em nossas vidas?
Talvez num daqueles momentos de extrema angústia, em que o coração parece apertar forte, você tenha pensado em Deus, na vida, e gritado intimamente: por quê?!
Os benfeitores espirituais vem nos esclarecer que a dor é uma lei de equilíbrio e educação.
Léon Denis, reconhecido escritor francês, em sua obra “O Problema do Ser, do Destino e da Dor”, esclarece que o gênio não é somente o resultado de trabalhos seculares; é também a apoteose, a coroação de sofrimento.
De Homero a Dante, a Camões, a Tasso, a Milton, todos os grandes homens, como eles, têm sofrido.
A dor fez-lhes vibrar a alma, inspirou-lhes a nobreza dos sentimentos, a intensidade da emoção que souberam traduzir com os acentos do gênio, e que os imortalizou.
É na dor que mais sobressaem os cânticos da alma.
Quando ela atinge as profundezas do ser, faz de lá saírem os gritos sinceros, os poderosos apelos que comovem e arrastam as multidões.
Dá-se o mesmo com todos os heróis, com todas as pessoas de grande caráter, com os corações generosos, com os espíritos mais eminentes. Sua elevação mede-se pela soma dos sofrimentos que passaram.
Ante a dor e a morte, a alma do herói e do mártir revela-se em sua beleza comovedora, em sua grandeza trágica que toca, às vezes, o sublime, e o inunda de uma luz inapagável.
A história do mundo não é outra coisa mais que a sagração do espírito pela dor. Sem ela, não pode haver virtude completa, nem glória imperecível.
Se, nas horas da provação, soubéssemos observar o trabalho interno, a ação misteriosa da dor em nós, em nosso “eu”, em nossa consciência, compreenderíamos melhor sua obra sublime de educação e aperfeiçoamento.
A dor é um dos meios de que Deus se utiliza para nos chamar a Si e, ao mesmo tempo, nos tornar mais rapidamente acessíveis à felicidade espiritual, única duradoura.
É, pois, realmente pelo amor que nos tem que Deus envia o sofrimento.
Fere-nos, corrige-nos como a mãe corrige o filho para educá-lo e melhorá-lo; trabalha incessantemente para tornar dóceis, para purificar e embelezar nossas almas, porque elas não podem ser completamente felizes, senão na medida correspondente às suas perfeições.
A todos aqueles que perguntam: para que serve a dor? A sabedoria divina responde: para polir a pedra, esculpir o mármore, fundir o vidro, martelar o ferro. 
 A dor física é, em geral, um aviso da natureza, que procura preservar-nos dos excessos. Sem ela, abusaríamos de nossos órgãos até o ponto de os destruirmos antes do tempo.
Quando um mal perigoso se vai insinuando em nós, que aconteceria se não lhes sentíssemos logo os efeitos desagradáveis? Ele nos invadiria cada vez mais, terminando por secar em nós as fontes de vida.
É assim que, em nosso mundo, para o nosso crescimento, a dor ainda se faz necessária. 


FONTE: SPIRIT BOOK(Redação do Momento Espírita).


quinta-feira, 2 de julho de 2015

RECUO ESTRATÉGICO


MOMENTOBRASIL.COM(Comentário):

E o presidente Eduardo Cunha promoveu verdadeira reviravolta na Câmara Federal, ontem à noite quando usou das prerrogativas regimentares e conseguiu aprovar a redução da maioridade para 16 anos para crimes  considerados hediondos, e, consequentemente provocando a irritação de muitos parlamentares. Apesar dos pesares, fez-se alguma justiça aos anseios populares, face à crescente onda de violência no país nos últimos anos. Diga-se de passagem, que continua em andamento o processo peemedebista de sangrar o PT até a última gôta. E de gôta em gôta vai conseguindo o intento. Não foi à tôa que o ex-presidente "Marolinha" este durante dois dias desta semana, em reuniões e jantar na casa do vice-presidente Michel Temer, tentando 'aliviar' as pressões.